Pular para o conteúdo

poemas autorais

Adeus, inocência

Se estivesse sobre a fronteiraObservando minha infânciaPerceberia a brincadeiraContestaria a arrogância Choraria de saudadeDesejaria voltar no tempoDesaprender a frugalidadeDar valor a cada momento Mas impera a continuidadeAdeus criança inocenteDesilusão que traz a verdade Da incerta… Continue a ler »Adeus, inocência

Compartilhar

Preciso dizer

Se não quiser ser minha,Digo, comigo estarMesmo longe, em verdade,Apenas seja você mesma,O que quiser ser e viver.Eu? Só mais um a passar.De qualquer modo, cedo ou tarde,Todo vento pára de soprar,Ondas deixam de abalar,Seremos… Continue a ler »Preciso dizer

Compartilhar

Agradável momento de paz

Calma tarde de um dia tranquilo,Ao som de “Overture”,Maravilhosa e nublada,Chuvinha que vem e vai. Gotas iluminadas,Nuvens espaçadas,O sol sorrindo,A luz entra pela janela. O olhar ultrapassa a vidraça,Bate aquele soninho,Vontade de sonhar,Dormir sem pressa… Continue a ler »Agradável momento de paz

Compartilhar

Preciso que saiba

Às vezes, quero mudar um pouquinho,Mas só um pouquinho…Diria quase nada.Assim, poder experimentar,Sofrer, gostar, amar, odiar…Por ocasiões, viajar novos ares,Sentir o vento frio gelar a alma,Esperando que, na sequência,Ela seja estilhaçada pelo vento quente. Eu… Continue a ler »Preciso que saiba

Compartilhar

No lago da ilusão

Em teus olhos lagos, águas turvas,Mergulhei, na profundidade da tentação,Em claras correntezas de prazer,Arredei toda escuridão. Em tua pele tremores, em nudez,Debrucei, sobre quente areia,Em inebriante movimento,Coloquei toda a minha intenção. Esquecimento de qualquer inquietude.Sonhei,… Continue a ler »No lago da ilusão

Compartilhar

Amor é pedra

Enquanto não te via,Não lembravaE não sentia.Ora, o amor existia. Faz tanto tempo…Era só nostalgia.Lembranças remotas.O forte desejo adormecia. Estava lá, latente.Lá no fundo do peito.Tão profundoQue eu quase não sabia. Anos, décadas…Estações quentes e… Continue a ler »Amor é pedra

Compartilhar

Somente um adeus

Todos caminham para a partida. Tudo o que respira, alimenta-se, reproduz-se, ama, odeia, sorri ou chora, não permanecerá “vivo” para a eternidade. Entretanto, alguns partem para sempre e continuam com vida em qualquer outro lugar,… Continue a ler »Somente um adeus

Compartilhar

Minha ausência

Às vezes, a ausência parece perene,Tão constante que tudo se afasta.Às vezes, é como um vento forteQue sopra e leva o fardo mais pesado.Em questão de minutos…Vai-se quase tudo.Mas o vento muda de direção,E o… Continue a ler »Minha ausência

Compartilhar

Escuridão que me acalma

Não vejo, não sintoOuço o bater das folhasAves noturnas no recintoNada de escolhas Brisa friaCanta nos arbustosNo labirinto a eufoniaAlienado dos dias injustos Noite escura é o que pintoSem luzes em profundas folhasDenotando o desejo… Continue a ler »Escuridão que me acalma

Compartilhar